Largo João Amorim de Albuquerque, 72, Porto Alegre - RS, 90010-250, Brasil - (51) 3224-8872 (51) 9859-55690

Blog

15 jan

Habeas Corpus em favor das prostitutas 1928

Em março, o superintendente do 1º distrito baixou uma portaria proibindo as prostitutas de manterem abertas as portas de suas casas até às 11 da noite, de assomarem as janelas e de manterem acesos focos de luz. Os advogados  Alberto Gigante e Mario Cinco Paus impetraram um habeas corpus em favos das 23 meretrizes da rua Riachuelo, contra as normas impostas pelas autoridades, sendo o seu texto publicado no “Correio do Povo”.

.riachuelo

Os comentários estão desativados.